A ACADEMIA é o primeiro "futeblog gráfico" do mundo: 11 artistas gráficos desenhando sobre seu time. São cartunistas, caricaturistas, ilustradores e quadrinhistas, alguns mais fanáticos, outros nem tanto, cada um, ao seu estilo, traçando sua relação com o Palmeiras. Confira nos Arquivos os posts desde Janeiro/2010.


blog.aacademia.gmail.com


AUTORES

Airon

Airon é paulista, cartunista, ilustrador, diretor de animação e crítico de top models tailandezas. Nos momentos em que ele não está desenhando, tomando café, desenhando ou até mesmo tomando café, está assistindo aos jogos do Palmeiras ou aprendendo sobre a vida com a sua filha Luiza, coisinha mais fofa que ele considera a sua "obra prima"!( Bom, sua esposa reivindica 50% da criação...). Veja auto-apresentação aqui.

Baptistão

Eduardo Baptistão nasceu palmeirense em 1966, na Mooca, São Paulo. Sem o mínimo talento para ser jogador de futebol, foi trabalhar com desenho, sua tendência natural desde a infância. Virou ilustrador profissional em 1985. Trabalha no Estadão desde 1991 e, desde 2003, também para o Jornal da Tarde. É colaborador assíduo também das revistas Carta Capital, Veja e Você S/A. Veja auto-apresentação aqui.

Caco Galhardo

Caco Galhardo, cartunista, publica sua tira diária na Folha de São Paulo desde 1996. Tem seis livros publicados e alguns de seus personagens já viraram animações no canal Cartoon Network. Seu trabalho também pode ser acompanhado no site www.cacogalhardo.com.br. Também faz michê.

Caio Majado

Caio Majado ilustra profissionalmente desde 2000, Publicou em editoras e agências publicitárias e produziu quadrinhos no Brasil onde ganhou um HQ Mix e nos Estados Unidos, onde não ganhou nada! Torce para o Palmeiras desde que nasceu e quase teve um ataque cardiaco quando ganhou a libertadores da América em 1999. Já recuperado, quase teve outro ataque quando perdeu o mundial de interclubes no mesmo ano. Veja auto-apresentação aqui.

Custódio

Custódio é paulistano de Interlagos, safra 1967, ano do Robertão e da Taça Brasil. Tem alguns livros publicados, não tantos quanto os parafusos no tornozelo e joelho, por causa do futebol. Foi um mediano jogador federado de futsal na juventude, e seu orgulho é que nunca enfrentou o Palmeiras. Seus parentes são quase todos de Santa Catarina e palmeirenses. É cartunista há 22 anos. Veja auto-apresentação aqui.

Elizeu

Elizeu é pernambucano de Carpina. Tem 28 anos, e mesmo tendo crescido a milhares de km do Palestra Itália é palestrino roxo (aliás, verde). Os culpados? Evair, Rivaldo, Edmundo... Enfim, os super-bicampeões de 93 e 94. Quando criança teve um braço engessado por Rinaldo, o grande ponta esquerda da Primeira Academia, fato que lhe é motivo de orgulho. Trabalha como ilustrador desde 2002, ano em que chegou a SP. Veja auto-apresentação aqui.

Fernandes

Paulista de Avaré, mora no ABC paulista. Um dos caricaturistas/ilustradores mais premiados do país. Tem 30 anos de profissão e 50 de daltonismo. É daltônico principalmente para o verde, talvez por isso o amor pelo Palmeiras seja tão cego. Perdendo ou ganhando, não importa, tem sempre uma desculpa. Veja auto-apresentação aqui.

Gabriel Bá

Gabriel Bá conta histórias em Quadrinhos e tem trabalhos publicados no Brasil, Espanha, Estados Unidos, Alemanha, França e Itália. Criou a série 10 Pãezinhos com seu irmão Fábio Moon, com quem também publica uma tira aos sábados na Folha de São Paulo chamada Quase Nada. Não é fanático por futebol, não sabe o hino, mas joga bola com os amigos toda semana há quase 15 anos. Veja auto-apresentação aqui.

Jal

JAL é cartunista, jornalista e começou sua carreira na Folha de São Paulo em 1973. Depois trabalhou em diversos jornais, revistas, TV, rádio e como jurado de concurso de camisetas molhadas em Itabiúca do Oeste. É presidente da Associação dos Cartunistas do Brasil porque não tem ninguém que queira esse cargo. É palmeirista (como o pai dizia) e adora o verde esperança da camisa. Veja auto-apresentação aqui.

Kitagawa

André Kitagawa é formado em arquitetura mas virou ilustrador e quadrinista. É Palmeirense por influência do pai, irmãos e primos. Nascido em 1973, só conseguiu desentalar o grito de "campeão" aos 19 anos. Valeu a pena. Veja auto-apresentação aqui.

Orlando

Orlando é ilustrador e artista gráfico. Publica desde 1978 e na Folha de S.Paulo desde 85. Filho de são paulino com corinthiana, culpa Dudu e Ademir da Guia por ser palmeirense. Veja auto-apresentação aqui.

Contador de Visitas


View My Stats



XML/RSS Feed
O que é isto?

Arquivos

01/09/2012 a 30/09/2012

01/07/2012 a 31/07/2012

01/04/2012 a 30/04/2012

01/03/2012 a 31/03/2012

01/02/2012 a 29/02/2012

01/01/2012 a 31/01/2012

01/12/2011 a 31/12/2011

01/11/2011 a 30/11/2011

01/10/2011 a 31/10/2011

01/09/2011 a 30/09/2011

01/08/2011 a 31/08/2011

01/07/2011 a 31/07/2011

01/06/2011 a 30/06/2011

01/05/2011 a 31/05/2011

01/04/2011 a 30/04/2011

01/03/2011 a 31/03/2011

01/02/2011 a 28/02/2011

01/01/2011 a 31/01/2011

01/12/2010 a 31/12/2010

01/11/2010 a 30/11/2010

01/10/2010 a 31/10/2010

01/09/2010 a 30/09/2010

01/08/2010 a 31/08/2010

01/07/2010 a 31/07/2010

01/06/2010 a 30/06/2010

01/05/2010 a 31/05/2010

01/04/2010 a 30/04/2010

01/03/2010 a 31/03/2010

01/02/2010 a 28/02/2010

01/01/2010 a 31/01/2010

Links

:: UOL - O melhor conteúdo
:: BOL - E-mail grátis
 Airon
 Baptistão
 Caco Galhardo
 Caio Majado
 Custódio
 Elizeu
 Fernandes
 Gabriel Bá
 Jal
 Kitagawa
 Orlando



:: Postado por Fernandes às 21h50

:: Enviar esta mensagem

:: Postado por Fernandes às 23h08

:: Enviar esta mensagem

Homúnculos

Se o espaço para imagens está limitado, vou no texto mesmo:

A esses pequeníssimos homens que conduzem nosso time:

Esses que fizeram o Palmeiras chegar ao ponto de ser rejeitado por jogadores medíocres, esses que venderam barato o último jogo do campeonato (o que pode dar o título ao maior rival), esses que admitem tranquilamente vender um ex-ídolo para este mesmo rival, que fazem proposta para comprar jogadores sem saber que em 30 dias ele estará liberado para assinar de graça com qualquer um, esses que colocam filhos em cargos técnicos dentro do clube, esses que se preocupam com a sauna em vez de profissionalizar o departamento de marketing e futebolístico e por isso precisam pagar intermediários para negociar o contrato com a patrocinadora-major da camisa, sendo que basta telefonar e negociar cara-a-cara... entre tantas outras coisas.

Esses homúnculos, indignos de suas calças, se seus cargos, do sangue palmeirenses que (supostamente) corre em suas veias... um recado singelo e simples.

Larguem o Palmeiras e vão pra


P*** QUE OS PARIU!

:: Postado por Custodio às 23h15

:: Enviar esta mensagem

Problemas técnicos

Aos amigos e navegantes que sempre aparecem por aqui e, com razão, nos cobram mais atividade no blog:

Além dos afazeres de cada um, e da fase do time que realmente desanima (fazer charges contra às vezes não ajuda, só atrapalha), o blog está passando por dificuldades de espaço: a UOL não nos dá espaço para continuar postando, então temos que optar por: descartar parte do arquivo já publicado; migar para outro endereço; ou conseguir migrar parte do acervo para outra conta.

Estamos tentando resolver isso, dentro de nossoas limitações de artistas gráficos e não webmasters.

Pedimos um pouco de paciência e torcemos para que, assim como o Palmeiras, possamos voltar logo a ser aquilo que que nunca deveríamos deixar de ter sido.

:: Postado por Custodio às 14h11

:: Enviar esta mensagem

:: Postado por Fernandes às 21h48

:: Enviar esta mensagem